21/04/2024
BTC65.090,0
ETH3.178,42
USDT1,0
BNB578,65
SOL150,5
USDC0,999989
XRP0,528773
DOGE0,162709
BUSD1,003
Melhores
10 melhores jogos cripto Play-to-Earn de 2023
02/10/2023

10 melhores jogos cripto Play-to-Earn de 2023

02/10/2023
4,4

Conheça os 10 melhores jogos cripto "play-to-earn" que estão remodelando o setor de jogos. Conheça as plataformas de jogos movidas a blockchain, onde o entretenimento se une a recompensas tangíveis.

Evolução dos jogos: dos fliperamas ao Play-to-Earn da blockchain 

O setor de jogos, há muito reconhecido como um dos pilares predominantes do entretenimento, tem se adaptado constantemente aos avanços tecnológicos, evoluindo tanto em escopo quanto em complexidade. 

A gênese do setor de jogos moderno pode ser rastreada até os jogos de fliperama do início da década de 1970. Esses videogames funcionavam com base "pay-per-play" (pagar para jogar), em que, como o termo indica, os jogadores eram cobrados por cada sessão de jogo. Os jogadores depositavam uma taxa modesta para desfrutar de alguns minutos de jogo.  

No entanto, a inovação tecnológica transformou esse modelo, facilitando a migração dos jogos de arenas especializadas para dispositivos de uso geral, como computadores pessoais, smartphones e consoles de jogos de última geração, como o PS5 e o Xbox. Isso levou a uma mudança do modelo "pay-per-play" dos jogos de fliperama para uma abordagem de pagamento único. Esse novo método de pagamento significava que os jogadores poderiam simplesmente pagar uma quantia única para obter acesso total a um console e a um jogo.

No final da década de 1990, tornaram-se predominantes os modelos baseados em assinatura, especialmente nos jogos on-line lMMORPGs, como Tibia, Runescape e World of Warcraft, em que os jogadores pagavam taxas regulares para ter acesso contínuo ao jogo.

Hoje, estamos à beira de outra transformação significativa no campo dos jogos. À medida que o cenário da tecnologia blockchain se expande, ele introduz um novo modelo de jogo, denominado distintamente de "play-to-earn" (P2E). 

Nesse modelo, os jogadores ganham recompensas por suas conquistas no jogo. Esse modelo foi amplamente adotado durante o mercado de criptomoedas em alta em 2021, com jogos como Axie Infinity, The Sandbox e Splinterlands ganhando força maciça. O P2E não apenas permite que os jogadores monetizem sua jogabilidade, mas também enriquece o ecossistema do jogo, criando valor tanto para os outros jogadores quanto para os desenvolvedores.

Neste artigo, vamos nos aprofundar no paradigma "play-to-earn" e destacar nossa seleção das 10 opções mais populares de jogos cripto P2E.

Entendendo os jogos cripto "Play-to-Earn"

Os jogos "Play-to-Earn", como o termo sugere, oferecem aos jogadores a oportunidade de ganhar valor no mundo real com suas atividades no jogo. Diferentemente dos jogos tradicionais, em que o principal incentivo para jogar é o entretenimento, esses jogos oferecem um incentivo duplo: tanto entretenimento quanto ganhos potenciais. 

Veja a seguir um detalhamento do conceito:

Princípio fundamental

Esses jogos operam com a tecnologia blockchain. À medida que os jogadores se envolvem com o jogo, eles podem acumular recompensas em criptomoedas.

Ativos no jogo

Os jogadores podem acumular vários ativos no jogo, desde skins e cartas até criptomoedas específicas. Quanto mais alguém se envolve com o jogo, mais rica se torna sua coleção de ativos e, potencialmente, mais valiosos são esses ativos.

Valor no mundo real

Os jogos tradicionais limitam o valor dos ativos ao ecossistema do jogo. Em contraste, os ativos nos jogos "play-to-earn" têm valor tangível no mundo real. Isso é possível principalmente devido à natureza descentralizada da blockchain, permitindo que os jogadores façam transações, comprem e vendam livremente esses ativos fora do jogo. Eles geralmente são representados como tokens não fungíveis (NFTs), que podem ser negociados por criptomoedas e depois trocados por moeda fiduciária em plataformas externas.

Monetização do jogo

O relacionamento dos jogos tradicionais com os jogadores é principalmente transacional — você compra o jogo ou os ativos do jogo, e é aí que a monetização termina, a menos que você seja uma celebridade dos esportes eletrônicos ou um streamer popular. No entanto, os modelos "play-to-earn" invertem essa narrativa, permitindo que até mesmo os jogadores comuns monetizem seu tempo de jogo. Graças à blockchain, a transferência de valor não tem fronteiras, dando aos jogadores de todo o mundo a chance de ganhar.

Descentralização

Um dos principais recursos dos jogos "play-to-earn" é a descentralização. Ao contrário dos jogos tradicionais, em que os desenvolvedores detêm as rédeas do poder, aqui, os ativos são distribuídos democraticamente entre os jogadores. Isso promove uma economia mais interativa e equitativa no jogo, em que os jogadores não apenas se beneficiam, mas também contribuem com valor para o jogo e seus colegas participantes.

A ascensão meteórica dos jogos "play-to-earn" é atribuída à combinação de entretenimento e oportunidade econômica que eles apresentam. Ao participar de tarefas, desafios ou competições nesses jogos movidos a criptomoedas, os jogadores podem ganhar criptomoedas, que podem ser convertidas em ganhos no mundo real.

Mecânica do "play-to-earn" 

A Axie Infinity foi pioneira na implementação do modelo P2E em uma escala significativa, obtendo sucesso considerável. O mecanismo funciona da seguinte forma:

Um jogador adquire um NFT para obter acesso à plataforma, participa do jogo e ganha tokens de jogo.

Esses tokens de jogos são conversíveis, permitindo que os jogadores os transformem em Bitcoin, Ethereum, moeda fiduciária ou stablecoins.

Os NFTs adquiridos inicialmente, essenciais para o jogo, podem ser aprimorados à medida que os jogadores aperfeiçoam suas habilidades. À medida que seu valor aumenta, eles podem ser negociados nos mercados de NFTs a preços mais altos.

Analisando mais a fundo: O que é GameFi 

"Play-to-earn" é um modelo de negócios que faz parte de um conceito mais amplo chamado GameFi. O termo "GameFi" é uma junção de "game" (jogo) e "finance" (finanças). Apresentado pela primeira vez ao mundo por Andre Cronje, CEO da Yearn Finance, em um tweet de 2020, o GameFi funde tecnologia de blockchain, tokens não fungíveis (NFTs) e mecânica de jogos. O resultado é um ambiente virtual onde os participantes podem jogar e ganhar tokens simultaneamente.

No GameFi, as atividades financeiras tradicionais, como negociação, staking, yield farming e empréstimos, são incorporadas aos jogos. Como resultado, os jogadores podem ganhar recompensas tangíveis, geralmente na forma de criptomoedas ou tokens de blockchain, por meio de suas ações no jogo. Por exemplo, no universo GameFi, os jogadores podem obter tokens ao cumprir missões. Esses tokens podem ser utilizados no jogo para a compra de ativos digitais, para a aquisição de tokens adicionais ou negociados em bolsas externas descentralizadas por outras criptomoedas ou dinheiro fiduciário.

Os projetos de GameFi aproveitam o modelo P2E para expandir sua base de jogadores e, consequentemente, reforçar o lado da oferta de tokens. Simultaneamente, eles cultivam a demanda por esses tokens introduzindo mercados "dentro do jogo", onde ativos do jogo, como armas, veículos e adereços, são vendidos.

À medida que a dinâmica de oferta e demanda de tokens de jogos aumenta constantemente, a plataforma alcança efeitos de rede sustentáveis. Isso dá início a um ciclo virtuoso e de autorreforço, marcando o surgimento de um ecossistema GameFi totalmente funcional.

Os 10 melhores jogos "Play-to-earn"

Agora que já abordamos o básico, vamos passar para o que realmente importa. Aqui está nossa seleção dos jogos cripto P2E mais populares em 2023.

#1 – Axie Infinity

Fonte e direitos autorais: © Axie Infinity

O Axie Infinity é um jogo baseado em blockchain desenvolvido pela Sky Mavis que ganhou atenção significativa como um dos pioneiros do modelo "Play-to-Earn" (P2E) no setor de jogos. 

No Axie Infinity, os jogadores coletam, reproduzem, criam, combatem e negociam criaturas fantásticas conhecidas como "Axies". Os Axies são criaturas digitais na forma de NFT, algo semelhante ao "Pokémon" em termos de batalha e coleta. A jogabilidade do Axie Infinity requer uma tomada de decisão estratégica, pois os diversos ambientes exigem estratégias distintas para o sucesso.

Os jogadores podem cruzar seus Axies para produzir novos. Esse processo requer o uso de um token chamado Small Love Potion (SLP).  Os jogadores podem ganhar tokens SLP vencendo batalhas nos modos de aventura do jogo. Esses tokens SLP têm valor no mundo real e podem ser negociados em várias bolsas de criptomoedas. Os próprios Axies podem ser vendidos ou comprados no mercado do jogo ou em outras plataformas NFT.

#2 – The Sandbox

Fonte e direitos autorais: © The Sandbox

O Sandbox é um jogo e mundo virtual baseado em blockchain que aproveita o conceito de conteúdo gerado pelo usuário, combinado com os princípios de propriedade descentralizada e monetização. 

O coração do The Sandbox é seu sistema de terras virtuais. O mundo do jogo é dividido em parcelas de terra, cada uma representada por um NFT exclusivo na blockchain. Os proprietários dessas parcelas de terra podem construir, povoar e criar experiências interativas em suas terras.

A plataforma tem seu token utilitário ERC-20 nativo chamado $SAND. Os jogadores podem ganhar $SAND participando de várias atividades, como jogos, completando missões ou fazendo staking.

Além disso, o Sandbox tem uma ferramenta de modelagem 3D chamada VoxEdit, que permite aos usuários criar e animar objetos baseados em voxel. Depois de criados, esses ativos podem ser tokenizados como NFTs e vendidos no mercado do Sandbox ou usados no mundo do jogo.

#3 – Gods Unchained

Fonte e direitos autorais: © Gods Unchained

Gods Unchained é um jogo digital de cartas colecionáveis (CCG) criado com base na Ethereum. Desenvolvido pela Immutable, ele se inspira nos jogos de cartas tradicionais, mas introduz a tecnologia blockchain para garantir a propriedade das cartas pelos jogadores.

Os jogadores criam baralhos a partir de sua coleção de cartas e enfrentam outros jogadores em batalhas estratégicas. Cada carta tem seus atributos, habilidades e classificações, e a combinação dessas cartas, juntamente com a estratégia do jogador, determina o resultado de uma partida. As cartas do jogo são tokenizadas como NFTs. Os jogadores podem ganhar pacotes de cartas jogando o jogo, e essas cartas podem ser vendidas em vários mercados de NFTs.

Como em outros jogos de cartas colecionáveis, a construção de baralhos é um aspecto essencial do "Gods Unchained". Os jogadores devem entender a sinergia entre as cartas e formular estratégias com base na composição de seu baralho e na de seu oponente.

#4 – DeFi Kingdoms

Fonte e direitos autorais: © DeFi Kingdoms

DeFi Kingdoms é um jogo de RPG em que os jogadores podem explorar o mundo, concluir missões e interagir com outros jogadores. O jogo foi desenvolvido com base na Harmony Blokchain e tem como cenário um belo mundo pixelado de 8 bits com cartas míticas, castelos e masmorras. 

Além dos elementos de RPG, o "DeFi Kingdoms" integra um conjunto de ferramentas DeFi. Os jogadores podem trocar tokens, fornecer liquidez e fazer staking de seus ativos para ganhar recompensas, tudo dentro da interface do jogo. JEWEL é o token nativo do "DeFi Kingdoms".
 
Os jogadores podem invocar heróis, que são representados como NFTs. Cada herói tem atributos exclusivos e pode ser designado a profissões como pesca, mineração ou coleta de alimentos. Essas profissões permitem que os heróis coletem recursos, que podem ser usados ou vendidos no jogo.

JEWEL é o token nativo do "DeFi Kingdoms". Os jogadores podem ganhar JEWEL participando das atividades DeFi do jogo, como fornecer liquidez ou fazer staking. Esse token pode ser usado no jogo ou negociado em bolsas.

#5 – CryptoKitties

Fonte e direitos autorais: © CryptoKitties

O CryptoKitties é um dos primeiros e mais conhecidos jogos baseados em blockchain. Ele desempenhou um papel importante na popularização dos tokens não fungíveis (NFTs) e na demonstração de seu potencial nos setores de jogos e colecionáveis. 

O CryptoKitties é um jogo em que os jogadores colecionam, criam e trocam gatos virtuais. Cada CryptoKitty é único e é representado por um NFT, o que garante sua raridade e autenticidade na blockchain da Ethereum. 

Os jogadores podem cruzar dois CryptoKitties para produzir um CryptoKitty novo e exclusivo. A aparência e os atributos da prole (ou "cattributes") resultam da combinação do material genético de seus pais. Essa mecânica introduziu uma profundidade de estratégia à medida que os jogadores buscavam criar características raras e desejáveis.

Os CryptoKitties podem ser comprados ou vendidos no mercado do jogo. Como cada gatinho é um NFT, as transferências de propriedade são gerenciadas com segurança no blockchain da Ethereum. O mercado registrou uma grande variedade de preços, com alguns CryptoKitties raros sendo vendidos por quantias substanciais.

#6 – Aavegotchi

Fonte e direitos autorais: © Aavegotchi

O Aavegotchi é um jogo exclusivo baseado em blockchain que mescla elementos de finanças descentralizadas (DeFi) com colecionáveis virtuais. O nome "Aavegotchi" é uma fusão de "Aave" - um protocolo DeFi bem conhecido - e "Tamagotchi" - o popular animal de estimação digital da década de 1990. Esse jogo combina aspectos de DeFi com a nostalgia e a mecânica que lembra a criação de animais de estimação digitais.

Um Aavegotchi é um avatar fantasma tokenizado no blockchain, representado como um NFT. Esses avatares são distintos, com atributos e características exclusivas. Eles podem ser equipados com dispositivos vestíveis e também podem interagir no metaverso do Aavegotchi. Os Aavegotchis têm vários atributos que determinam sua raridade, como agressividade, energia e inteligência. Esse sistema de raridade, combinado com os itens de vestuário (que também podem ser NFTs), acrescenta camadas de estratégia e desejo para colecionadores e jogadores.

Os Aavegotchis são "apostados" com os aTokens da Aave, tokens que rendem juros e representam os fundos do usuário fornecidos ao protocolo Aave. Isso significa que cada Aavegotchi tem essencialmente um valor vinculado a ele com base nos aTokens subjacentes. Quanto mais valiosos forem os tokens apostados, mais forte será o Aavegotchi.

#7 Star Atlas

Fonte e direitos autorais: © Star Atlas

O Star Atlas é um grande jogo de estratégia de exploração espacial, conquista territorial e dominação política, desenvolvido na blockchain Solana. Não se trata apenas de um jogo, mas também de um metaverso virtual com dimensões econômicas, políticas e sociais.  Uma das características distintas do Star Atlas é seu compromisso com gráficos de alta qualidade e imersão. Ele utiliza o Unreal Engine 5, com o objetivo de oferecer um universo visualmente impressionante e detalhado para os jogadores explorarem.

O jogo incorpora a mecânica de blockchain para dar aos jogadores a propriedade dos ativos do jogo. Navios, tripulação, equipamentos, terrenos e muito mais são tokenizados como NFTs. A mineração de recursos, a conquista de territórios e o comércio são algumas das muitas maneiras pelas quais os jogadores podem ganhar dinheiro. 

Este jogo emprega uma economia de token duplo utilizando tokens ATLAS e POLIS. ATLAS é a moeda usada pelos usuários do Star Atlas para comprar itens e ganhar recompensas por atingir marcos. O token POLIS é o token de governança do Star Atlas, que permite aos jogadores influenciar o desenvolvimento futuro do jogo em um ecossistema totalmente descentralizado.

#8 – Alien Worlds

Fonte e direitos autorais: © Alien Worlds

O Alien Worlds é um metaverso baseado em blockchain em que os jogadores podem explorar, minerar e batalhar em diferentes planetas. No centro do Alien Worlds está o mecanismo que permite aos jogadores, conhecidos como "exploradores", minerar o token do jogo, o Trilium (TLM). Ao apostar suas ferramentas e selecionar um local, os jogadores podem minerar TLM, que tem valor real e pode ser negociado em várias bolsas de criptomoedas.

O Alien Worlds consiste em vários planetas, cada um governado por sua Organização Autônoma Descentralizada (DAO). Os jogadores podem votar nas políticas da DAO planetária, como taxas de mineração ou distribuição de recompensas, com base em sua participação no TLM.

Os jogadores também podem participar de batalhas usando seus avatares, aproveitando suas forças e armas exclusivas para competir por recompensas. Ferramentas, armas, avatares e terrenos dentro do jogo são tokenizados como NFTs.

Inicialmente construído na blockchain WAX, o Alien Worlds foi posteriormente integrado à Binance Smart Chain (BNB) e à Ethereum para facilitar uma interoperabilidade e liquidez mais amplas para seu token no jogo, o TLM.

#9 – Farmers World

Fonte e direitos autorais: © Farmers World

Farmers World é um jogo "play-to-earn" baseado na blockchain da Wax que combina elementos de simulação de agricultura com incentivos econômicos derivados do mundo de DeFi e NFTs. 

No Farmers World, os jogadores cultivam terras virtuais, plantam sementes, colhem safras e criam animais, como nos jogos tradicionais de simulação de agricultura. Os itens essenciais do jogo, como ferramentas, terras, sementes e animais, são tokenizados como NFTs. Esses NFTs podem ser negociados, vendidos ou alugados no mercado do jogo ou em plataformas externas, permitindo que os jogadores monetizem seus esforços.

Os jogadores podem ganhar tokens no jogo ou outras recompensas ao realizar várias atividades, como plantar e colher colheitas ou participar de eventos especiais. O sucesso no Farmers World geralmente requer um gerenciamento cuidadoso dos recursos e a tomada de decisões estratégicas. Os jogadores devem decidir quais culturas plantar, quando colher e como utilizar melhor suas terras e ferramentas para maximizar seus rendimentos.

10# - Illuvium

Fonte e direitos autorais: © Illuvium

O Illuvium é um jogo baseado em blockchain criado na rede Ethereum que combina elementos de RPGs (role-playing games), auto batalhas e exploração de mundo aberto.

O Illuvium oferece um ambiente expansivo de mundo aberto onde os jogadores podem explorar vários terrenos, encontrar criaturas e participar de batalhas, além de ganhar recompensas na forma de ILV, a criptomoeda nativa do jogo. Os jogadores podem fazer staking do token nativo do jogo, ILV, para ganhar recompensas e participar da governança do jogo. 

O jogo gira em torno da captura de criaturas chamadas "Illuvials". Essas criaturas, uma vez capturadas, podem ser usadas em batalhas em equipe, lembrando jogos como Pokémon. As batalhas em Illuvium são projetadas como batalhas automáticas. Os jogadores configuram sua equipe e estratégia e, em seguida, as batalhas se desenrolam automaticamente com base nas táticas escolhidas.

Diferentemente de muitos jogos de blockchain anteriores, o Illuvium enfatiza gráficos de alta qualidade e designs de personagens detalhados, visando a uma experiência de jogo AAA.

Quão útil você achou este artigo?
Obrigado pela sua avaliação!

Assine o Cryptonica.News
nas redes sociais

Os materiais disponíveis no site Cryptonica não constituem recomendações individuais de investimento. Os instrumentos financeiros ou as operações nele mencionados podem não estar alinhados com seu perfil ou objetivos de investimento. Não assumimos nenhuma responsabilidade por quaisquer fatos ausentes ou informações imprecisas nos textos. As criptomoedas são ativos financeiros de alto risco e volatilidade. Portanto, é fundamental que você faça sua própria pesquisa sobre instrumentos financeiros e tome decisões independentes. Antes de se envolver em qualquer ação relacionada a criptomoedas, você deve estudar, entender e cumprir as leis aplicáveis em sua região e país.

Andre Cronje Binance


Veja também

ACH Crypto (ACH)
$0,03445156
-0,8%
Aave (AAVE)
$92,4
-0,2%
Amp (AMP)
$0,00818765
5,7%
BNB (BNB)
$578,65
0,94%
Bitcoin (BTC)
$65.090,0
-0,18%
Dash (DASH)
$31,23
-0,19%
Ethereum (ETH)
$3.178,42
0,78%
Gas (GAS)
$5,6
-0,23%
Harmony (ONE)
$0,02224516
0,41%
IQ (IQ)
IQ
IQ
$0,00948559
1,57%
Illuvium (ILV)
$100,37
0,01%
NEO (NEO)
$18,58
-0,01%
Quant (QNT)
$109,12
-0,49%
Solana (SOL)
$150,5
-0,09%
Sui (SUI)
$1,39
-1,35%
TRON (TRX)
$0,110947
-0,16%
The Sandbox (SAND)
$0,486137
-0,14%
UMA (UMA)
$2,88
-0,37%
WAX (WAXP)
$0,074178
1,81%

Notícias

Worldcoin lança blockchain World Chain

Bitcoin sobe em meio à aprovação de ETFs de Bitcoin e Ethereum em Hong Kong

Saiba como

Como participar da 1ª temporada da The Open League?
Como comprar criptomoedas no Telegram Wallet?